terça-feira, 3 de novembro de 2009

Actualização da Lista Vermelha das Espécies Ameaçadas

Hoje foi publicada uma actualização da lista vermelha das espécies ameaçadas. A análise da IUCN revela um cenário assustador para a biodiversidade, do qual os Odonata não escapam, como podem ver aqui.
Das 1989 espécies analisadas, 13% estão ameaçadas, 5% em vias disso e, ainda, 31% cuja informação é insuficiente e que poderão engrossar ainda mais a lista vermelha.
Já em Maio a BBC dava conta de um futuro incerto para as libélulas e libelinhas.

sábado, 18 de julho de 2009

Libellulidae


É a família de libélulas dominante na Europa estando registadas 34 espécies pertencentes a 11 géneros. São libélulas de médio tamanho e de diferentes colorações, sem nunca apresentarem a cor verde. São muitas vezes avistadas em poisos junto à água dos quais levantam rapidamente em busca de presas ou em perseguição de outras libélulas. Em Portugal foram para já identificadas 20 espécies pertencentes a 9 géneros.

Libellula quadrimaculata (Linnaeus, 1758) (Four-spotted Chaser; La Libellule à quatre taches; Vierfleck)
Identificação: É uma espécie facilmente reconhecida pelo seu grande tamanho, pela cor castanha do corpo e pelas manchas negras presentes apenas na base das asas posteriores. No abdómen, os segmentos 6 a 10 são negros e os segmentos 4 a 8 são delimitados lateralmente por manchas amarelas. As asas anteriores são, na sua base, de cor âmbar e os nódulos das quatro asas possuem manchas negras.
Comprimento Total: 40-48mm

Comprimento Abdómen: 27-32mm
Comprimento Asa Posterior: 32-40mm
Habitat: Sobretudo água estagnada com abundante vegetação.
Período de Voo: Do final de Abril até meados de Setembro.
Distribuição Mundial: Distribuída por quase toda a Europa. Ocorre ainda na Ásia média e na América do Norte.

Libellula quadrimaculata macho
Libellula depressa (Linnaeus, 1758)
(Broad-bodied Chaser; La Libellule déprimée; Plattbauch)
Identificação: Ao contrário da L. quadrimaculata, esta espécie possui manchas na base das 4 asas. Possui igualmente um abdómen mais largo e curto e manchas laterais amarelas nos segmentos abdominais 3 a 8, que vão desaparecendo com a idade. Os machos imaturos e as fêmeas possuem corpos castanho-amarelados e os machos maduros abdómen azul claro. Ambos os sexos possuem grandes manchas no topo do tórax (antehumeral stripes).
Comprimento Total: 39-48mm

Comprimento Abdómen: 22-31mm
Comprimento Asa Posterior: 32-38mm
Habitat: Uma grande variedade de pontos de água estagnada, especialmente charcos pequenos, soalheiros e pouco profundos. É uma das primeiras espécies a chegar a charcos recém-criados Período de Voo: Do final de Abril até meados de Setembro.
Distribuição Mundial: Uma das espécies mais comuns da Europa, estende-se até à Ásia Central. 

Libellula depressa macho

Libellula fulva (Müller, 1764)
(Blue Chaser; La Libellule fauve; Spitzenfleck)
Identificação: Na fase imatura, ambos os sexos apresentam coloração laranja com uma linha preta ao longo da face dorsal do abdómen. Possuem ainda a base das asas escuras e a veia central das asas amarelada. A fêmea adulta tende a escurecer para uma coloração acastanhada. O macho é, em grande medida negro, possuindo os segmentos abdominais 3 a 7 azuis e os olhos azul-acinzentados.
Comprimento Total: 42-45mm
Comprimento Abdómen: 25-29mm
Comprimento Asa Posterior: 32-38mm
Habitat: É uma espécie que necessita de determinadas características de qualidade de água e estrutura do habitat. Pode ser encontrada em cursos de água de corrente fraca, canais, charcos e diques.
Período de Voo: Do final de Abril até ao início de Agosto.

Distribuição Mundial: Bastante distribuída pela Europa até ao Mar Cáspio, embora apenas comum quando as características do habitat o permitem.

Orthetrum brunneum brunneum (Fonscolombe, 1837)
(Southern Skimmer; L’Orthétrum brun; Südliche Blaupfeil) Identificação: Os machos possuem corpos totalmente azuis, pterostigma castanho avermelhado e face azulada. A fêmea assemelha-se à da espécie Orthetrum coerulescens, mas ao contrário desta não possui as duas manchas claras (anthehumeral stripes) na parte superior do tórax. O segmento abdominal 9 apresenta-se expandido na face ventral. Comprimento Total: 41-49mm Comprimento Abdómen: 25-32mm Comprimento Asa Posterior: 33-37mm Habitat: Principalmente pequenos rios e ribeiras com pouca vegetação ribeirinha. Período de Voo: De Abril a Setembro Distribuição Mundial: Comum à volta do Mar Mediterrâneo, estendendo-se até à Mongólia. Parece estar a expandir-se para norte.


Orthetrum cancellatum (Linnaeus, 1758)
(Black-tailed Skimmer; L’Orthétrum reticule; Grosser Blaupfeil)
Identificação: O macho possui asas transparentes, pterostigma preto e abdómen azul com marcas laterais amarelas e segmentos abdominais 6 a 10 pretos. Os juvenis e a fêmea possuem abdómen amarelo com barras dorsais pretas.
Comprimento Total: 44-50mm
Comprimento Abdómen: 29-35mm
Comprimento Asa Posterior: 35-41mm
Habitat: Grandes corpos de água, como lagos e grandes rios, normalmente com margens com pouca ou nenhuma vegetação.
Período de Voo: De Abril a Setembro.
Distribuição Mundial: Está presente por quase toda a Europa, à excepção do norte da Escandinávia. A sua distribuição estende-se até à Mongólia.

Orthetrum chrysostigma (Burmeister, 1839)
(Epaulet Skimmer)
Identificação: Tal como noutras espécies do género, os machos desta espécie são totalmente azuis e as fêmeas amareladas. Em ambos os sexos o pterostigma é amarelo. A espécie distingue-se por apresentar os segmentos abdominais 3 e 4 mais finos que os restantes, por possuírem uma mancha branca bem visível na parte lateral do tórax e por terem as membranules de cor amarelada.
Comprimento Total: 39-48mm
Comprimento Abdómen: 26-33mm
Comprimento Asa Posterior: 27-32mm
Habitat: Grandes rios e pontos de água estagnada de habitats abertos.
Período de Voo: De Abril a Novembro.
Distribuição Mundial: Espécie que ocorre por quase todo o continente Africano e Médio Oriente e ainda na Península Ibérica, Turquia e algumas ilhas gregas.

Orthetrum coerulescens coerulescens (Fabricius, 1798)
(Keeled Skimmer; L’Orthétrum bleuissant; Kleiner Blaupfeil)
Identificação: O macho adulto possui abdómen azul, sem marcas pretas e amarelas, pterostigma grande (cerca de 4mm) e amarelo e face castanha. Nalguns indivíduos o tórax pode apresentar a mesma coloração do abdómen. A fêmea possui corpo amarelo pálido possuindo no abdómen uma fina linha preta, acompanhada por dois pontos laterais no final de cada segmento e ainda duas manchas amareladas no tórax que contrastam com a cor castanha deste. O imaturo é também amarelado, embora com abdómen marcadamente negro. Estão reconhecidas duas subespécies na Europa, distinguidas sobretudo pelos apêndices sexuais masculinos. Em Portugal ocorra apenas a Orthetrum coerulescens coerulescens.
Comprimento Total: 36-45mm
Comprimento Abdómen: 23-38mm
Comprimento Asa Posterior: 28-33mm
Habitat: Sobretudo cursos de água corrente.
Período de Voo: De Abril a Novembro.
Distribuição Mundial: É bastante comum na área envolvente ao Mar Mediterrâneo. Mais localizada na Europa Central e do Norte.

Orthetrum nitidinerve (Selys, 1841)
(Yellow-veined Skimmer; L’Orthétrum à nervures jaunes; Gelbader Blaupfeil)
Identificação: Bastante semelhantes aos machos da espécie Orthetrum brunneum, os machos desta espécie distinguem-se pelas duas veias das asas (radius e costa) amarelas. O pterostigma é comprido e amarelo e o corpo totalmente azul. As fêmeas são amareladas tal como outras espécies do género, mas não apresentam o segmento abdominal 8 expandido ventralmente.
Comprimento Total: 46-50mm
Comprimento Abdómen: 28-33mm
Comprimento Asa Posterior: 31-38mm
Habitat: Pontos de água sobretudo em áreas mais secas.
Período de Voo: De Abril a Outubro.
Distribuição Mundial: É endémica da parte ocidental do Mar Mediterrâneo, sobretudo no norte de África. Aparece localmente na Península Ibérica, Sardenha, Sicília e na zona de Nápoles na Itália.

Orthetrum trinacria (Selys, 1841)
(Long Skimmer; L’Orthétrum de Sicile; Langer Blaupfeil)
Identificação: É a espécie de maior tamanho do grupo (o corpo mede sempre mais que 50mm). Possui um abdómen uniformemente fino (segmentos abdominais 3 a 10), apêndices abdominais longos e pterostigma longo e pálido. Os machos possuem abdómen preto e as fêmeas abdómen amarelado com marcas pretas.
Comprimento Total: 51-76mm
Comprimento Abdómen: 38-44mm
Comprimento Asa Posterior: 34-38mm
Habitat: Água estagnada, por vezes de grande tamanho, como grandes lagos.
Período de Voo: De Abril a Outubro.
Distribuição Mundial: Bastante comum na África Tropical e sudoeste asiático. Não muito comum, mas presente, no norte de África, Península Ibérica, Sicília e Sardenha.



Sympetrum flaveolum (Linnaeus, 1758)
(Yellow-winged Darter; Le sympétrum jaune; Gefleckte Heidelibelle)
Identificação: Esta espécie apresenta em ambos os sexos coloração amarela nas asas e patas negras com manchas amarelas. O macho possui abdómen laranja avermelhado com a parte ventral negra que se estende até à face lateral. A fêmea é amarela com uma linha ininterrupta preta na face lateral do abdómen.
Comprimento Total: 32-37mm
Comprimento Abdómen: 19-27mm
Comprimento Asa Posterior: 23-32mm
Habitat: Pontos de água com bastante vegetação e na sua maioria temporários.
Período de Voo: Do final de Maio a Outubro.
Distribuição Mundial: Começou progressivamente a ser mais comum a Este, estendendo-se até ao Japão. A Oeste, durante vários anos desaparecida, reapareceu em vastas áreas e em grande abundância.

Sympetrum fonscolombii (Selys, 1840)
(Red-veined Darter; Le Sympétrum de Fonscolombe; Frühe Heidelibelle)
Identificação: Esta espécie pode ser reconhecida pelas veias das asas de cor amarelada (pode ser vermelha nos machos maduros), pterostigma amarelado com paredes pretas, parte inferior dos olhos azul-acinzentada e parte superior da cara avermelhada.
Comprimento Total: 33-40mm
Comprimento Abdómen: 22-29mm
Comprimento Asa Posterior: 26-31mm
Habitat: Pontos de água estagnada normalmente abertos e de baixa profundidade, como charcos alguns deles recém criados.
Período de Voo: Na zona mediterrânica os adultos podem ser encontrados durante todo o ano, embora sejam raros entre Dezembro e Fevereiro.
Distribuição Mundial: É comum nas zonas mais quentes de África e de Ásia e no Sul da Europa. A Norte é normalmente rara, embora nalguns anos, possam ocorrer invasões desta espécie. É ainda uma espécie migradora sendo a única libélula presente nos Açores.

Sympetrum meridionale (Selys, 1841)
(Southern Darter; Le Sympétrum Méridional; Südliche Heidelibelle)
Identificação: Esta espécie assemelha-se a S.striolatum mas distingue-se pela coloração amarela das patas, pelas finas linhas pretas da parte lateral do tórax, e abdómen totalmente vermelho dos machos (sem marcas pretas).
Comprimento Total: 35-40mm
Comprimento Abdómen: 22-28mm
Comprimento Asa Posterior: 25-30mm
Habitat: Charcos de pouca profundidade, normalmente com abundante vegetação.
Período de Voo: De Maio a Outubro.
Distribuição Mundial: Bastante distribuída pela região mediterrânica.

Sympetrum sanguineum (O.F. Müller, 1764)
(Ruddy Darter; Le sympétrum sanguin; Blutrote Heidelibelle)
Identificação: Os machos desta espécie são facilmente identificados pela coloração vermelha da face e pelas pequenas manchas amarelas na base das asas posteriores. As patas são totalmente pretas e o abdómen vermelho e com largura diferente dos seus segmentos.
Comprimento Total: 34-39mm
Comprimento Abdómen: 20-26mm
Comprimento Asa Posterior: 23-31mm
Habitat: Sobretudo em cursos de água corrente com abundante vegetação ribeirinha.
Período de Voo: De Abril a Novembro.
Distribuição Mundial: Comum na Europa Central e de Leste. Mais localizada no Sul e Norte.

Sympetrum striolatum (Charpentier, 1840)
(Common Darter; Le Sympétrum strié; Groβe Hidelibelle)
Identificação: É uma das maiores espécies do género. Possui patas pretas com uma linha amarela ao longo da tíbia e do fémur, manchas amarelas na parte lateral do tórax e pterostigma avermelhado escuro.
Comprimento Total: 35-44mm
Comprimento Abdómen: 20-30mm
Comprimento Asa Posterior: 24-30mm
Habitat: Variados tipos de habitats, preferindo, os pontos de água estagnada.
Período de Voo: Na zona mediterrânica pode ser encontrada durante todo o ano.
Distribuição Mundial: Ocorre por case toda a Europa estendendo-se até ao Japão.
Sympetrum striolatum macho



Brachythemis leucosticta (Burmeister, 1839)
(Banded Groundling; La libellule à stylets blancs; Treuer Kurzpfeil)
Identificação: Esta espécie, de tamanho semelhante às do género Sympetrum, possui corpo amarelado, na altura da emergência, tornando-se escuro com a idade. As características distintivas da espécie são as manchas largas nas asas (mais perto do nódulo que do pterostigma) e pterostigma bicolor na sua maioria de cor creme com o canto mais exterior de cor escura.
Comprimento Total: 25-34mm
Comprimento Abdómen: 16-21mm
Comprimento Asa Posterior: 20-26mm
Habitat: Águas paradas de diferentes tamanhos, normalmente com margens pronunciadas.
Período de Voo: De Abril a Outubro
Distribuição Mundial: É uma espécie abundante na África Tropical, que está a expandir-se para Norte, sendo registada actualmente na Península Ibérica, Sardenha e na parte sul da Turquia.

Crocothemis erythraea (Brullé, 1832)
(Broad Scarlet; La Libellule écarlate; Feuerlibelle)
Identificação: As fêmeas e os juvenis são de cor castanho-amarelada, por vezes com linhas negras no abdómen. O macho maduro possui abdómen vermelho. Ambos os sexos têm asas claras com uma mancha de cor âmbar na base da asa posterior. A ausência de cor preta nas patas, cabeça e tórax distingue a espécie das do género Sympetrum.
Comprimento Total: 36-45mm
Comprimento Abdómen: 18-33mm
Comprimento Asa Posterior: 23-33mm
Habitat: Pode ser encontrada em qualquer ponto de água estagnada.
Período de Voo: De Fevereiro a Novembro.
Distribuição Mundial: Bastante comum em África, Ásia Ocidental e Sul da Europa. Começa lentamente a expandir-se para Norte.

Crocothemis erythraea macho


Diplacodes lefebvrii (Rambur, 1842)
(Black Percher)
Identificação: Os machos desta espécie são totalmente pretos (incluindo os apêndices abdominais) apenas apresentando marcas lilases na face. O pterostigma é longo e pálido e as asas são arredondadas.
Comprimento Total: 25-34mm
Comprimento Abdómen: 15-25mm
Comprimento Asa Posterior: 19-29mm
Habitat: Ocupa sobretudo charcos e lagos com abundante vegetação.
Período de Voo: De Abril a Novembro.
Distribuição Mundial: Bastante comum em África começa a expandir-se para norte ao longo da bacia do mediterrâneo.

Trithemis annulata (Palisot de Beauvois, 1807) (Violet Dropwing; Le Trithémis annelé; Violetter Sonnenzeiger)
Identificação: A coloração violeta vivo dos machos não deixa dúvidas quanto à identificação da espécie. Possui igualmente as asas com veias vermelhas e mancha âmbar na base das asas posteriores. A fêmea é mais amarelada possuindo algumas manchas pretas nos segmentos abdominais 8 e 9.
Comprimento Total: 32-38mm
Comprimento Abdómen: 17-29mm
Comprimento Asa Posterior: 20-35mm
Habitat: Sobretudo cursos de água estagnada bastante soalheiros, como lagoas e lagos sem grande vegetação marginal.
Período de Voo: De Maio a Outubro.
Distribuição Mundial: É uma das espécies mais comum na África Tropical que alcançou o sul da Europa, junto ao Mar Mediterrânico, nas últimas décadas.

Selysiothemis nigra (Vander Linden, 1825)
(Black Pennant)
Identificação: Tal como em Diplacodes lefebvrii os machos desta espécie são negros. Contudo esta espécie apresenta face clara, asas transparentes com pterostigma incolor com bordos escuros que se assemelha ao sinal de “=”. Os jovens e a fêmea apresentam cor amarelada com marcas castanhas escuras no tórax e pretas no abdómen.
Comprimento Total: 30-38mm
Comprimento Abdómen: 21-26mm
Comprimento Asa Posterior: 24-27mm
Habitat: Pontos de água estagnada.
Período de Voo: De Maio a Setembro.
Distribuição Mundial: É sobretudo encontrada na Ásia Central, Médio Oriente e no deserto do Sahara. Aparece esporadicamente nalgumas regiões do sul da Europa, junto ao Mar Mediterrânico.

Zygonyx torridus (Kirby)
(Ringed Cascader) 
Identificação:
 É uma espécie migradora que apresenta o abdómen escuro com manchas arredondadas amarelas nos segmentos abdominais 2 a 8. Possui ainda a face e partes do tórax de cor bronze.
Comprimento Total: 50-60mm
Comprimento Abdómen: 35-43mm
Comprimento Asa Posterior: 45-50mm
Habitat: Cursos de água corrente de velocidade rápida.
Período de Voo: De Abril a Agosto.
Distribuição Mundial: Comum na África Tropical, estende a sua presença até à Península Ibérica, Médio Oriente e Índia.




sexta-feira, 10 de julho de 2009

Corduliidae

É uma família de libélulas de médio/grande tamanho, que partilham características com Cordulegastridae e Libellulidae. São normalmente verdes com manchas amarelas e possuem patas longas ou mesmo muito longas. Existem 5 géneros na Europa correspondendo a 9 espécies. Em Portugal, estão identificadas 2 espécies, ambas com estatuto de conservação elevado.

Oxygastra curtisii (Dale, 1834)
(Orange-spotted Emerald; La Cordulie à corps fin; Gekielter Flußfalke)
Identificação: É facilmente reconhecida pela coloração verde brilhante dos olhos e pelas manchas amarelas na parte dorsal do abdómen, que é verde-escuro e fino. O 8º segmento abdominal é normalmente mais largo e a face é escura. Características únicas nalgumas células das asas e nos apêndices sexuais, permitem igualmente diferenciar a espécie.
Comprimento Total: 47-54mm
Comprimento Abdómen: 33-39mm
Comprimento Asa Posterior: 33-36mm
Habitat: Rios, ribeiros e canais com corrente fraca.
Período de Voo: De Maio a Agosto.
Distribuição Mundial: Endémica do Sudoeste Europeu e Marrocos. Ocorre esporadicamente no Norte de França e parece estar extinta da Grã-Bretanha.

Macromia splendens (Rambur, 1842)
(Splendid Cruiser; La Cordulie splendid; Europäischer Flußherrscher)
Identificação: Pela coloração e tamanho assemelha-se à Cordulegaster boltonii. Possui igualmente olhos verdes, mas a face é preta com manchas amarelas. O tórax é verde-escuro metálico e as patas são extremamente longas. O abdómen é negro, apresentando uma barra amarela no 2º segmento abdominal e manchas, também amarelas no 3º, 4º e por vezes 6º segmento. No 7º possui uma grande mancha amarela e o macho possui também no 8º. Possui ainda os apêndices abdominais inferiores masculinos de maior tamanho que os superiores e ainda asas com células características.
Comprimento Total: 70-75mm
Comprimento Abdómen: 48-55mm
Comprimento Asa Posterior: 42-49mm
Habitat: Cursos de água com zonas calmas ou barragens e açudes, localizados em vales profundos.
Período de Voo: De Maio a Agosto.
Distribuição Mundial: Encontrada apenas e de uma forma muito localizada no sul de França e na Península Ibérica.

quinta-feira, 25 de junho de 2009

Cordulegastridae



É uma família facilmente reconhecida pelo seu grande tamanho, coloração preta e amarela e pela posição dos seus olhos, que apenas se tocam num ponto no topo da cabeça. Na Europa estão presentes dois grupos de espécies Cordulegaster boltonii spp. e Cordulegaster bidentata spp. Em Portugal podemos encontrar apenas uma espécie: Cordulegaster boltonii boltonii.

Cordulegaster boltonii boltonii (Donovan, 1807)
(Common Goldenring; Le Cordulégastre annelé; Zweigestreifte Quelljungfer)
Identificação: É uma espécie de grandes dimensões de coloração preta e amarela e de olhos verdes que apenas se tocam num ponto, no topo da cabeça. Possui face e occipital triangle amarelos e uma mancha em forma de C invertido, também amarela, na face lateral do 1º segmento abdominal.
Comprimento Total: macho: 74-80mm; fêmea: 80-85mm
Comprimento Abdómen: macho: 52-64mm; fêmea: 57-69mm
Comprimento Asa Posterior: macho: 40-47mm; fêmea: 45-51mm
Habitat: Ribeiros e pequenos rios.
Período de Voo: De final de Maio ao final de Agosto.
Distribuição Mundial: Distribui-se por uma vasta área na Europa, sobretudo na sua parte ocidental. O seu limite Este não é claro, embora a espécie possa ocorrer até aos montes Urais.
Cordulegaster boltonii macho